• Marcelo Teixeira

6 lições importantes da vida que você só vai aprender quando falhar



Ninguém aprende as duras lições da vida sem algum elemento de fracasso.

Quando deixamos alguém pra baixo, aprendemos o porque.

Quando ficamos aquém das nossas próprias expectativas, nos tornamos conscientes da nossa margem de crescimento.

Quando nos desmoronamos sob pressão, nos tornamos sintonizados com nossas fraquezas.

Existe sempre uma "lição" dentro de cada derrota, e aqueles que finalmente atingem seus objetivos vêem esses momentos como oportunidades valiosas, não como punições.

Mas infelizmente, isso não torna o processo de aprendizado menos doloroso, porém existe algumas lições na vida que você simplesmente não consegue aprender sem cair, sem esfolar os joelhos para levantar novamente.

1. Você não pode aprender a responsabilidade até ver os efeitos de sua negligência.

Quando você faz uma promessa a alguém, elas confiam em você.

Nos negócios, especialmente, nada ensina o valor da sua palavra e a responsabilidade que ela carrega, como decepcionar alguém.

É a razão pela qual os jovens empreendedores tendem a ser muito mais confiáveis do que aqueles que preguiçosamente abriram caminho através de um sistema educacional formal.

Os jovens empreendedores tendem a aprender isso da maneira mais difícil, muito cedo e trabalham incansavelmente para nunca deixar alguém para baixo novamente.

2. Você não pode aprender a paciência até ser forçado a ser paciente com outra pessoa.

Tenho certeza de que é assim que todos os pais se sentem.

Quando você está trabalhando, quando é criança, quando é jovem no mundo, espera que todo mundo cuide de você.

Você quer que os outros sejam pacientes com você.

Você quer que eles entendam você, para lhe dar o que você precisa para ter sucesso.

Você olha para o exterior para lhe dar a segurança que procura internamente.

À medida que você envelhece, não é até que os papéis sejam invertidos e você tenha que fornecer a alguém mais essas coisas e mais, que você perceba o que significa verdadeira paciência.

Você não consegue entender a paciência quando é a pessoa que está pedindo por isso.

Você só pode entender quando é quem precisa fornecer isso.

3. Você não vai aprender o impacto que você tem como proprietário de uma empresa até que você tenha que deixar alguém ir.

Especialmente no empreendedorismo, a contratação e demissão são reduzidos a uma mentalidade de mudança de peças do quebra-cabeça até que você encontre a combinação certa para um modelo de sucesso.

Mas a realidade da situação é que as pessoas que você contrata se tornam dependentes de você para seu sustento: o aluguel, a comida, a família, etc.

É uma lição humilhante saber que, quando você pede a alguém para fazer parte do seu time, elas estão apostando em você, tanto quanto você está apostando nelas.

4. Você não pode melhorar o que você não entende pessoalmente.

Esta é uma lição de vida, tanto quanto é de negócios.

A fim de fazer algum progresso real ou melhoria, em qualquer departamento, você deve primeiro entender (a si mesmo) qual é o problema da raiz. Claro, você pode adicionar pessoas à equação que podem ajudar ou fornecer orientação, mas é sua responsabilidade dedicar um tempo para entrar nas ervas daninhas e entender o que precisa ser consertado.

Com muita frequência, as pessoas procuram outras pessoas para apontar o problema e fornecer uma solução.

Porém isto é um grande erro.

5. Você não pode confiar em outra pessoa até poder confiar em si mesmo.

A vida é cheia de expectativas que são insuficientes.

Parte do aprendizado de como a confiabilidade realmente se parece significa criar esse tipo de relacionamento dentro de você.

Como alguém poderá contar com você se você não puder contar com você?

E como você sabe com quem pode contar se nunca conseguiu contar com você mesmo?

É preciso introspecção e prática para adquirir esse conjunto de habilidades.

Mas uma vez que você o tenha, ele se torna uma de suas ferramentas mais valiosas.

6. Você não conhecerá todo o seu potencial até que tenha passado do ponto de falha.

Ninguém se esforça para fazer o melhor na primeira tentativa.

O que permite que você veja o que realmente é o seu “melhor” é tentar fazer o melhor possível, vendo onde você acaba, e depois se perguntando como você pode fazer ainda melhor.

É precisamente por isso que a melhoria e o crescimento são um processo e não um destino.

Antes de você ir


Clique aqui e se inscreva na minha Newsletters e receba conteúdos e dicas exclusivas em sua caixa de entrada.

Não se conforme com menos. Não permita que o medo de perder o que possui se torne maior que o seu desejo de ganhar. Independentemente de qualquer obstáculo que você possa enfrentar, você pode realizar seus objetivos.


Não se conforme com menos. Não permita que o medo de perder o que possui se torne maior que o seu desejo de ganhar. Independentemente de qualquer obstáculo que você possa enfrentar, você pode realizar seus objetivos.

Para começar a viver a sua vida no próximo nível, agende sua sessão de mentoria e coaching de resultados


0 visualização

copyright (c) 2019 . todos os direitos reservados.